Apresentação

A Adega de Ponte de Lima foi fundada em 1959. Com sede na rua Conde de Bertiandos, na vila de Ponte de Lima – a vila mais antiga de Portugal – a Adega dispõe atualmente de uma capacidade de onze milhões e meio de litros. A Adega de Ponte de Lima, sendo a expressão institucional de cerca de 2000 produtores, seus familiares e trabalhadores, constitui sem dúvida a mais relevante estrutura – se se quiser – a maior empresa do concelho de Ponte de Lima.

Em 1998, a Adega obteve certificação de Qualidade pela Norma NP EN ISO 9001, atribuída pela APCER – Associação Portuguesa de Certificação, tornando-se, assim, a primeira adega do País a dispor desta certificação.

A Adega de Ponte de Lima insere-se na sub-região do Lima, uma das nove sub-regiões que integram a Região Demarcada dos Vinhos Verdes, a noroeste de Portugal, que pelas suas características naturais de solo e clima e pelas castas que possui, produz vinhos muito diferentes, mas com características comuns, medianamente alcoólicos, frutados e frescos.

Produção

Os vinhos da Adega de Ponte de Lima resultam da vinificação de uvas perfeitamente maduras de castas regionais, provenientes das vinhas dos seus associados, assegurando a autenticidade e o carácter do genuíno Vinho Verde.

Nos vinhos Brancos, o Loureiro tem expressão especial pela sua magnífica adaptação ao “terroir” da Ribeira Lima – berço do Loureiro – dando origem a um vinho muito apreciado pelo aroma e pelas suas excelentes características olfato-gustativas. Nos vinhos tintos destaca-se o Vinhão produzido exclusivamente da casta com o mesmo nome.

O Vinhão identifica-se pelo seu aroma inconfundível a frutos vermelhos e frutos silvestres e pelo seu requintado paladar.